Conecte-se conosco

Hotelaria

Saiba quais são as tendências para a hotelaria em 2024 – Parte I

Para se destacar em um cenário cada vez mais competitivo é preciso estar atento às tendências da hotelaria, um dos pilares do turismo.

Publicado

em

É preciso estar atento às tendências de mercado no turismo. (Foto: Freepik)

O ano está chegando ao fim, e com isso já se iniciam os planos para o próximo ano. Na hotelaria não é diferente, é preciso estar atento para sair na vanguarda da inovação. Por isso, acompanhe as tendências para a hotelaria em 2024!

1. Sustentabilidade

Sustentabilidade tornou-se uma questão sempre presente entre as principais tendências nos últimos anos, à medida que os clientes ambientalmente conscientes exigem cada vez mais práticas que se alinhem com a sua ética. Os consumidores modernos exigem que os hotéis sejam tão eficientes em termos energéticos quanto possível. Felizmente, esta tendência também é boa para os hotéis. Iniciativas ecológicas significam frequentemente custos operacionais mais baixos a médio prazo.

2. Escassez de pessoal

Outra das principais tendências que os gestores precisam estar cientes diz respeito à escassez de mão de obra. A medida que a tecnologia continua evoluindo e as expectativas dos clientes continuam aumentando, é provável que haja uma oferta limitada de mão de obra com as habilidades necessárias para suprir essa demanda. Para hoteleiros, existem duas opções. A primeira é investir em treinamento e “coaching” para que a equipe possa aprimorar suas habilidades. A alternativa é tentar tornar o seu hotel mais atraente para os colaboradores, a fim de atrair talentos de outros hotéis ou daqueles com as competências adequadas de fora da indústria hoteleira.

LEIA TAMBÉM: Que fatia de mercado os aluguéis de apartamentos podem abocanhar na hotelaria?

3. Personalização de serviços

Os clientes não gostam de sentir que são apenas mais uma estatística no balanço patrimonial de um hotel. Uma maior personalização no marketing de um hotel faz com que os consumidores sintam-se valorizados. O marketing personalizado pode ser direcionado a usuários específicos — por exemplo, um hóspede que já passou as férias em um hotel pode ser estimulado a reservar outra estada ou também pode ser direcionado a consumidores que se enquadram em um determinado perfil e atender a um determinado conjunto de condições.

4. Inteligência Artificial (IA)

A inteligência artificial é uma das tendências mais importantes da indústria hoteleira, transformando o setor de maneiras sutis porém importantes. Mais e mais empresas estão usando IA para lidar com alguns de seus serviços ao cliente, com “chatbots” simples, fornecendo suporte, respondendo a consultas e até cuidando de todo o processo de reserva. Combinados com o aprendizado de máquina, esses “bots” podem melhorar efetivamente a experiência do cliente. Outras aplicações de IA incluem análise de dados e a compreensão das informações do cliente para estabelecer estratégias de marketing. Lidar efetivamente com tão volumosa quantidade de dados que sobrecarregariam os analistas humanos.

LEIA TAMBÉM: Natalia Bayona, Diretora Executiva da Organização Mundial do Turismo fala sobre inovação em turismo

5. Bleisure Travels

Pessoas com menos de 40 anos tem uma abordagem de vida que inclui simultaneamente trabalho e diversão. Essas características impulsionaram uma das tendências mais comentadas da indústria hoteleira até hoje: as chamadas viagens de “bleisure” (negócios/lazer). Combinando negócios e trabalho com viagens de lazer que representam o melhor dos dois mundos. Os “Millennials” encontram formas inteligentes de explorar o mundo sem deixar de trabalhar. O trabalho executado Online de onde quer que estejam.

Maarten Van Sluys (Consultor Estratégico em Hotelaria – MVS Consultoria)

Siga no Instagram: @mvsluys

(31) 98756-3754/e-mail: mvsluys@gmail.com     

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.