Conecte-se conosco

Segurança e Turismo

Como cuidar da segurança em grandes eventos

O mês de novembro trouxe grandes problemas de segurança nos shows de Taylor Swift, Rebeldes e no jogo Brasil x Argentina. Saiba como é possível estar seguro em grandes eventos.

Publicado

em

Grandes eventos exigem cuidados extras de segurança (Foto: Getty Images)

Ultimamente, inúmeros acontecimentos que comprometeram a segurança e o bem-estar dos turistas, na participação em festividades, foram manchetes nos diversos meios de comunicação.  É possível citar várias situações envolvendo turistas que viajaram para eventos esportivos, shows e atividades de toda natureza, sendo vítimas de fatos gravíssimos e ações criminosas. Por isso, é essencial estar atento à segurança em grandes eventos.

Os viajantes têm se deslocado para os grandes eventos e, por circunstâncias diversas, se tornado vítimas de ações criminosas.  Ainda, acometidos de perigos na falta de segurança e organização dos ambientes destinados aos espetáculos, colocando em risco suas experiências.

Infelizmente, é de fácil constatação as aventuras e desventuras daqueles que tiveram seus sonhos desfeitos, sendo prejudicados física e moralmente. Por vezes, correndo riscos reais e iminentes à vida.Ações e omissões têm causado prejuízos irreparáveis para o turista e, também, para suas famílias.

LEIA TAMBÉM: Saiba como ser um viajante sustentável durante a Black Friday

Imagine toda a preparação para aquele momento tão esperado, seja na torcida pelo seu time ou assistir ao show de um ídolo, e pelo acontecimento de um fato não previsto, toda a expectativa pode ser frustrada.

Sua segurança deve estar em primeiro lugar

Com certeza, você já deve ter ouvido esta frase, não é? No entanto, quando se trata da realização de sonhos, na concretização desses momentos, tidos como inesquecíveis, muitas pessoas deixam de se precaver e adotar medidas protetivas e de segurança para o sucesso do momento.

Na satisfação dos desejos, no turismo de entretenimento, os cuidados devem começar na sua cidade de origem, escolhendo adequadamente o meio de transporte, a seleção da acomodação, os deslocamentos previstos na cidade e/ou local de destino, a compra de ingressos, dentre tantos outros passos a serem planejados. Sem contar os fatores de segurança que devem ser considerados.

Assim, torna-se fundamental um planejamento e preparação adequados para o sucesso da sua experiência na participação em um evento específico.

LEIA TAMBÉM: Férias, muita atenção com as malas!

Uma questão que deve ser levada em conta é “qual o preço” o turista está disposto a pagar pela sua diversão? Ampliando a literalidade, entenda isso como quais as consequências poderá sofrer, caso não se prepare adequadamente para o sucesso daquele momento tão desejado.

Entenda os riscos e o que pode acontecer em grandes eventos

Inúmeros reverses podem ocorrer nesses eventos, mesmo que haja uma suposta sensação de normalidade.

O mês de novembro do ano corrente, 2023, está sendo uma vitrine de acontecimentos dessa natureza. Inúmeras situações envolvendo turistas foram manchetes.

Na cidade de São Paulo, em 11 de novembro de 2023, ocorreu o show da famosa banda Mexicana Rebeldes, no qual os arrastões, furtos e roubos foram a tônica no encerramento do evento. O que era para ser a realização de um sonho antigo tornou-se uma experiência traumática para os participantes, dentre eles aqueles turistas que se deslocaram de todos os rincões do país.

Na mesma vertente, atividades ligadas aos shows da cantora internacional Taylor Swift, na cidade do Rio de Janeiro, foram marcadas pelas mortes de fãs. No caso, duas pessoas que realizavam um turismo de entretenimento, para prestigiar e assistir aos shows.

LEIA TAMBÉM: Dicas para viagens seguras

O primeiro show da turnê The Eras Tour, na noite de sexta-feira, dia 17, com público de 60 mil pessoas, ficou marcado por uma tragédia.  A estudante Ana Clara Benevides, de 23 anos, morreu após o show. Laudo preliminar, baseado nos exames feitos pelo Instituto Médico Legal (IML), apontou que a vítima teve hemorragia pulmonar. A suspeita é de que a morte tenha sido ocasionada pela excessiva sensação térmica, próxima aos 60ºC.

Em outra fatalidade o turista Gabriel Mongenot Santana Milhomem Santos, de 25 anos de idade, Natural do Mato Grosso do Sul e residente em Minas Gerais, foi vítima de latrocínio na madrugada de domingo, dia 19, na orla da praia de Copacabana.

Nos casos citados há marcantes divergências entre a expectativa de satisfação na participação em eventos de lazer e diversão, e a realidade dos resultados fatídicos ocorridos.

O que fazer para garantir a diversão com segurança

  • Planeje adequadamente todos os passos de suas viagens e entretenimento. Se optar por pacotes turísticos, o viajante deve escolher uma agência devidamente credenciada e que tenha credibilidade no mercado.
  • Caso decida viajar com base em suas percepções, sempre priorize o maior número de informações a respeito do país, da cidade e dos locais pretendidos.
  • Escolha adequadamente os locais de hospedagem.
  • Nas questões de deslocamento e transporte, opte por empresas ou prestadores formais de serviços, preferencialmente credenciados.
  • É prudente ter muita cautela em seus deslocamentos, no que se refere a roubos e furtos nos locais de destino e eventos.
  • Evite portar e ostentar objetos de valor. Em caso de qualquer infortúnio, assaltos e similares, não esboce qualquer reação.
  • É aconselhável nos passeios turísticos portar cópias dos documentos e não os originais, sugere-se a manutenção destes no cofre do hotel.
  • Ao chegar a eventos de grande concentração de pessoas identifique áreas prioritárias, como saída de emergência, postos de atendimento de saúde, banheiros e áreas de alimentação.
  • Faça refeições leves e hidrate-se durante todo o tempo. Caso faça uso de bebida alcoólica tenha moderação.
  • Use roupas adequadas ao evento e às condições climáticas. Caso sinta qualquer alteração física procure atendimento médico urgentemente.
  • Procure andar em grupo, evitando locais pouco iluminados ou de restrita circulação de pessoas.
  • Cuide-se sempre. Afinal, segurança nunca é demais!

No mais adote procedimentos que possam contribuir com sua tranquilidade.  Sua segurança, sempre em primeiro lugar. Divirta-se em suas viagens. Registramos nosso pesar e solidariedade às famílias das pessoas vitimadas nesses eventos. Caso queira compartilhar suas experiências, de forma que a coluna possa contribuir para a segurança dos demais turistas, envie sua sugestão pelo Instagram @portaluaiturismo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.