Conecte-se conosco

Segurança e Turismo

Dicas de segurança para evitar golpes durante a folia

Celulares, cartões, aproximação e QRCOdes facilitam a vida de qualquer um, mas podem também facilitar para os golpistas. Confira as dicas para curtir o carnaval em segurança, evitando golpes e dores de cabeça.

Publicado

em

Carnaval em Belo Horizonte promete ser o maior de todos, por isso a atenção à segurança é essencial. (Foto: Dirceu Aurélio/ Imprensa MG/ Agência Minas)

Então, o Carnaval chegou, sem dúvidas, para uma grande parcela da sociedade é a festa mais aguardada do ano. Confira dicas para evitar golpes durante a folia, consideradas úteis, para um carnaval com segurança.

Para que você possa curtir a folia com a máxima tranquilidade traremos as últimas dicas, ensejando que o período momesco seja de muita diversão, e que a quarta-feira de cinzas surja dentro da maior normalidade.

Vamos lá! Tenha em mente que sua segurança deverá estar em primeiro lugar sempre. Para isso, seguem os lembretes pontuais a serem verificados durante as festas.

Programe suas atividades

Uma dica fundamental é a programação das atividades que você deseja acompanhar durante os festejos. A preparação antecipada, nos deslocamentos e permanência nos bloquinhos e festas desejadas, é fator preponderante para sua segurança.

Escolhidas as atividades a serem realizadas na maratona carnavalesca, sugere-se que você estabeleça roteiros que englobem o seu bem-estar e a sua segurança. Dessas escolhas, surgirão várias possibilidades que deverão ser pensadas de forma a conhecer os pontos positivos e vulnerabilidades dos locais e itinerários.

LEIA TAMBÉM: Turista, suas escolhas te deixam seguro para curtir o Carnaval?

As informações relativas aos locais de folia, rotineiramente, estão disponibilizadas através de aplicativos e informações oficiais. Busque as informações a respeito dos locais onde ocorrerão as festividades, explorando o máximo de dados necessários para entender o funcionamento da folia.

Torna-se importante conhecer os itinerários, tanto partindo do seu local de estada, quanto dos deslocamentos entre os locais distintos de blocos e outras atividades. Preferencialmente, procure ambientes que estejam devidamente policiados ou que disponham de segurança privada. Sempre que possível desloque-se em grupos, ou através de meios seguros de transporte.

Cuidado com golpes durante a folia

Muitas pessoas já experimentaram o dissabor de serem vítimas de golpes durante eventos de grande concentração de pessoas, como são as festas de carnaval.

Dinheiro em espécie, aparelhos celulares e cartões devem ser conduzidos o mais próximo ao corpo possível. Cada pessoa tem sua expertise em guardar e camuflar seus pertences.

Especialmente, nesse momento, trataremos dos golpes usando dispositivos eletrônicos, celulares e cartões de todo tipo. Golpes na troca de cartões, troca de valores no display do dispositivo, clonagem de cartões e uso indevido de senhas, são alguns dos vários perrengues que o folião pode ser acometido. Por isso, cabe maior atenção e proteção dos seus bens, objetivando mitigar a existência desses acontecimentos. A recomendação básica e primordial está ligada ao minimalismo, porte apenas o que for estritamente necessário para aquele momento.

Pagamentos com cartão e celular

Nas suas transações financeiras durante as festividades, sempre confira os valores das compras no visor. Apesar de parecer arcaico, a exigência da notinha expedida pela máquina, durante qualquer transação, pode contribuir para redução de danos. Confira todos os dados antes de aprovar a compra através da aproximação, da inserção do cartão e/ou da utilização de senhas.

Uma prática comum de estelionatários é a indução do consumidor a inserir seus dados pessoais de maneira menos adequada. Por exemplo, pedir para colocar a senha em campo inadequado, o que pode expor sua senha e possibilitar fraudes. Sempre que for utilizar sua senha verifique se não está sendo exposta a numeração no visor ou outro dispositivo.

Na mesma lógica, fique atento ao seu cartão! Uma das modalidades mais usuais do momento, ocorre na troca dos cartões por outros similares durante os pagamentos. Evite entregar seu cartão para outra pessoa, pois essa prática tem sido demasiadamente utilizada por golpistas. Durante e após qualquer transação com seu cartão ou celular confira os dados. Caso você venha a ser vítima de qualquer golpe dessa natureza, assim que constatar a irregularidade, procure contato com a instituição financeira para bloquear o cartão e os órgãos públicos para fazer o registro do Boletim de Ocorrência.

LEIA TAMBÉM: O carnaval está chegando! Já está preparado para a folia?

Os cartões com utilização por aproximação também têm esse problema. A tecnologia tem seus encantos, no entanto, surgem os problemas decorrentes de pessoas de conduta imprópria, aproveitando-se dessa situação.

As aglomerações são locais oportunos para a existência dessa modalidade criminal, assim evite transportar seus cartões em bolsos ou outros dispositivos que não estejam sob seu domínio visual. 

Ainda, cuidado com os QRCodes disponíveis para leitura durante transações, essa modalidade de golpe também está nas alturas. A leitura de um simples QRCode pode ser o acesso de programas espiões, buscando acessar seus dados.

Cuidados com Wi-Fi público

O folião durante sua experiência poderá conectar seu celular em rede pública de Wi-Fi, em diversos lugares. Parece algo bastante comum, no entanto, saiba que podem ser vulneráveis para a ação de invasores.

Sempre que possível utilize uma rede virtual privada (VPN) para maior segurança dos seus dados.

Além disso, tenha em local seguro todas as informações sobre seu aparelho celular, ou seja, marca, modelo, PIN ou código de desbloqueio e IMEI. Em caso de extravio do aparelho adote as medidas necessárias, imediatamente.

No mais, curta intensamente a folia ou o descanso. Adote procedimentos que possam contribuir com sua tranquilidade.  Sua segurança, sempre em primeiro lugar. Divirta-se em suas viagens. Caso queira compartilhar suas experiências, de forma que a coluna possa contribuir para a segurança dos demais turistas, envie sua sugestão no nosso Instagram @portaluaiturismo .

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.