Conecte-se conosco

Matérias

Ataque ao Bar Brahma: falta de segurança no centro de São Paulo afasta turismo

A insegurança do Centro de São Paulo está afetando moradores e comerciantes locais

Publicado

em

Bar Brahma
Bar Brahma, localizado na famosa esquina da música de Caetano (Foto: Reprodução/Facebook Bar Brahma Centro)

Eternizado na música de Caetano Veloso por estar localizado na esquina da “Ipiranga com a Avenida São João”, o Bar Brahma é um ponto turístico tradicionalíssimo de São Paulo. Há 75 anos o bar é referência boêmia, da culinária à história. Porém, na tarde do último domingo (3) o local foi alvo de vandalismo após uma tentativa de assalto. Ao menos dez homens arremessaram pedras e objetos no estabelecimento, quebrando janelas e derrubando mesas. 

LEIA TAMBÉM: As férias estão chegando: deixe sua casa em segurança

Pelo Instagram, o estabelecimento fez um apelo ao poder público, alegando a falta de profissionais que atuem na segurança do centro da cidade. Além disso, o Bar Brahma fez um convite à população e aos turistas para que ocupem os espaços do centro da cidade para reforçar a sua importância como símbolo da identidade cultural e social. 

Insegurança

O Centro de São Paulo está vivendo uma crise de segurança, chegando a registrar um roubo a cada 30 minutos. O alto índice de criminalidade, associado à movimentação da Cracolândia, tem tornado o local cada vez mais problemático, afetando a vida de moradores, comerciantes e, consequentemente, de turistas que gostariam de visitar a região.

Repleto de atrativos consolidados, como o Bar Brahma, o turismo no Centro de São Paulo tem sofrido bastante. Apesar dos esforços realizados pelos proprietários dos empreendimentos da região, que investem para que seus empreendimentos sejam modernos e atrativos, a falta de segurança que assola a localidade inviabiliza os negócios. É preciso que o poder público invista em infraestrutura básica para que seja possível a prática turística. 

Centro de São Paulo próximo ao Bar Brahma
Centro de São Paulo (Foto: R. Spegel/Pexels)

A partir do momento em que os próprios rostos receptivos da cidade (recepcionista do meio de hospedagem, motorista, garçom etc) afirmam que a insegurança tem sido um problema grave, o turista perde a vontade de conhecer a região e é tomado apenas por um sentimento de medo, normalmente compartilhado com terceiros, gerando ainda uma imagem negativa da região. 

LEIA TAMBÉM: Como cuidar da segurança em grandes eventos

O problema da segurança de São Paulo não deve ser resolvido apenas em decorrência do turismo. Um destino turístico precisa ser, primeiramente, um bom lugar para o próprio morador, e só assim ele estará preparado para receber turistas. Dessa forma, o investimento na própria cidade e na melhoria da qualidade de vida da população, automaticamente será convertido em um destino atrativo. 

#VemProCentro

Através das redes sociais, o Bar Brahma levanta a hashtag #VemProCentro, com intuito de convidar a todos para ocuparem atrativos, bares e espaços do Centro. Demonstrando a importância da região para a cidade, tanto para os próprios moradores quanto para turistas. A ocupação também é uma forma de chamar a atenção das autoridades para a solução dos problemas que assolam a localidade.

Apesar da situação de insegurança atual, que espera-se que seja resolvida o mais breve possível, o Centro de São Paulo é um local que deve realmente ser ocupado. A região apresenta uma importância cultural, histórica e social gigantesca. Repleto de museus, bares, restaurantes, centros culturais, comerciais, entre outros, a localidade possui atrativos para todas as idades e classes, sendo uma referência para o turismo. 

LEIA TAMBÉM: Soluções pertinho de São Paulo para pais que estarão trabalhando enquanto as crianças estão de férias

Confira alguns atrativos existentes na região, nas proximidades do Bar da Brahma, que valem a visita:

Terraço Itália

Localizado em um dos mais icônicos e imponentes prédios de São Paulo, o edifício Itália, o luxuoso restaurante é sinônimo de requinte e exclusividade. Com mais de cinco décadas de história, o espaço possui uma bela vista panorâmica, que se tornou um cartão de visitas da cidade. Com proposta mais intimista e focada em experiências únicas, o Terraço Itália proporciona almoços, jantares, eventos sociais ou corporativos.

Terraço Itália
Vista do Terraço Itália (Foto: Reprodução/Instagram @terracoitalia)

Theatro Municipal de São Paulo 

Com mais de 111 anos de história, o Theatro Municipal de São Paulo é uma das maiores Casas de Ópera do Brasil. O espaço tem a premissa de proporcionar experiências memoráveis e acessíveis, acolhendo expressões artísticas clássicas e contemporâneas. No espaço, é possível realizar uma visita educativa, desde que seja agendada e também comparecer a alguma apresentação. 

Theatro Municipal de São Paulo
Theatro Municipal de São Paulo (Foto: Reprodução/Instagram @theatromunicipal)

Sampa Sky

Localizado a uma altura de 150 metros, no 42º andar do Mirante do Vale, edifício mais alto do Centro de São Paulo, está o Sampa SKY. O ponto turístico conta com uma vista 360º da cidade e um espaço de 700m². Para a sensação de flutuar sobre as ruas e avenidas, dois decks de vidro se estendem para fora da fachada, permitindo que o visitante conheça São Paulo de um ângulo diferente. 

Sampa Sky
Sampa Sky (Foto: Reprodução/Instagram @sampasky)

Farol Santander 

O centro de cultura, turismo, lazer e gastronomia Farol Santander é um ambiente de experiências. O espaço possui uma pista de skate, um loft, uma escola de gastronomia, um bar dentro do antigo cofre e muitos outros espaços que proporcionam momentos únicos e fazem com que se pense em novas formas criativas de se relacionar com as pessoas e os espaços. Além disso, também possui exposições imersivas, narrativas ou galerias inéditas. 

Centro de São Paulo com Farol Santander ao fundo
Farol Santander ao fundo (Foto: João Tzano/Unsplash)

Praça da República

Em meio a tantos espaços culturais, sociais e gastronômicos, está a Praça da República, um dos locais históricos mais famosos do Centro de São Paulo. Aos domingos a praça é tomada por uma tradicional feira popular, onde é possível adquirir peças de artesanato e vestuário, além de experimentar comidas de rua de várias nacionalidades e de diversas regiões do Brasil. Na praça também se localiza o Edifício da Escola Caetano de Campos, que abrigou a primeira escola pública de São Paulo, mas hoje abriga a Secretaria da Educação e a Biblioteca Infanto juvenil Monteiro Lobato.

Praça da República
Praça da República (Foto: Carlos Alkimin/Flickr)

LEIA TAMBÉM: Aproveite o verão em São Roque, a 60km de São Paulo

Esses são só alguns dos atrativos possíveis de conhecer em um passeio de poucos passos pelo Centro de São Paulo. Que sejam possíveis de serem realizados em breve! 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.