Conecte-se conosco

Notícias

Campinas: Royal Palm Plaza Resort lança espaço dedicado a bebês

O resort de Campinas apresenta o ‘Hora do Sossego’, berçário para bebês de 6 meses a 2 anos

Publicado

em

Berçário Hora do Sossego.
Berçário Hora do Sossego. (Foto: Divulgação)

Localizado em Campinas/SP, o Royal Palm Plaza Resort, lança no início de dezembro o “Hora do Sossego”. O espaço foi desenvolvido especialmente para o conforto de bebês de 6 meses a 2 anos e 11 meses.

LEIA TAMBÉM: Durma em suítes temáticas de “Wonka” em Nova York e Los Angeles

O berçário oferece ainda mais inclusão para os pequenos hóspedes, com ambiente confortável e lúdico, equipe especializada e atividades como filminhos infantis, brinquedoteca, área de leiturinha, área externa com playground, área de desenhos, além de área feita especialmente para o soninho dos bebês.  

“A ideia do ‘Hora do Sossego’ é, literalmente, oferecer sossego. Um espaço feito com muito carinho para os bebês e para os papais e mamães, que podem relaxar um pouco enquanto seus pequenos viajantes descansam ou brincam com as babás e recreadores capacitados para o cuidado e entretenimento dessa faixa etária que antes ficavam somente com os familiares”, conta Alessandra Gaudio, diretora geral do Royal Palm Plaza & Royal Palm Hall.

LEIA TAMBÉM: Segurança na viagem com pets

Aberto inicialmente de sexta-feira a domingo, o espaço tem todo o entorno fechado e controlado para garantir segurança, além de equipe treinada, capaz inclusive de fazer os primeiros atendimentos emergenciais.

Aproveitando a chegada dos dias mais quentes, o resort possui piscinas climatizadas, além de opções infantis com jatos d ‘água, toboágua e jacuzzi ao ar livre, ideais para apreciar momentos de descanso e lazer. Para aqueles que desejam relaxar, o Manuia Spa oferece uma gama de tratamentos, terapias e massagens, e piscina aquecida.

Além dos espaços de relaxamento e entretenimento, o Royal Palm Plaza oferece alta gastronomia, com três restaurantes, três bares e uma cafeteria.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.