Conecte-se conosco

Turismo e Gastronomia

Cidade Criativa: Fortaleza se reinventa e se destaca no turismo brasileiro

Além de investir em estrutura e culinária local, Fortaleza – Cidade Criativa do Design – promoverá oficinas com artesãs e oferecerá gastronomia ancestral para turistas estrangeiros que buscam experiências imersivas de Luxo.

Publicado

em

Praia do Mucuripe na beira mar de Fortaleza, vista da varanda do Hotel Gran Marquise (Foto: Thiago Paes @paespelomundo)

A arte cearense está fazendo história pelo mundo. E o impulso foi dado, com reconhecimento do design local, pela Unesco, colocando a capital do Ceará na lista das Cidades Criativas do Design. Desde quando a Assembleia Geral da ONU se reuniu em 2005 e as nações definiram, por unanimidade, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da agenda 2030, cidades pelo mundo se movimentaram para apresentar seus projetos e receber a chancela internacional.

O reconhecimento pela UNESCO de Cidades Criativas têm como missão colocar as indústrias culturais em suas estratégias de desenvolvimento, com o objetivo de transformar as cidades em locais mais inclusivos, resilientes e sustentáveis, além do intercambio internacional, o que por si só já movimenta o turismo por meio de várias vertentes como a música, as artes, a gastronomia, entre outras.

O Ceará além do óbvio

Faz algum tempo que o Ceará vem se reinventando no turismo. Um destino tão movimentado, de praias tão conhecidas, por vezes poderia parecer se limitar, mas ao contrário: regiões como Icaraizinho de Amontada, serra de Baturité, Rota do Café Verde, praias como Preá, e cidades como Camocim no litoral oeste provam que, numa viagem pelo Ceará, há sempre novidades para se vivenciar. E Fortaleza aparece como um grande destaque, a porta de entrada e que é um destino imperdível de se estar.

Polvo e páprica com legumes salteados no cardápio da Órbita Blue na praia do Futuro (Foto: Thiago Paes @paespelomundo)

LEIA TAMBÉM: 10 cafés da manhã em hotel no Brasil que encantam a hospedagem

Gastronomia cearense

Não é diferente na gastronomia cearense. Uma infinidade de novos restaurantes dão oportunidade a formação de novos nomes como grandes chefs. Não é preciso sair do Ceará para se destacar, para ser uma referência na boa gastronomia. O fenômeno dos restaurantes hoteleiros segue igual sentido, como no Gran Marquise, um dos mais tradicionais hotéis da cidade que possui dois restaurantes: um asiático, e um regional, o Mucuripe, em homenagem a emblemática praia que fica em frente ao hotel. No Restaurante Mucuripe, o chef Moisés nos apresentou uma linda paella com frutos do mar fresquíssimos, além da burrata refrescante de entrada e como nos melhores restaurantes do mundo: um amuse-bouche de creme de queijo e carne de sol. De refinamento e regionalidade espetacular.

Bolo português com licor e gaspacho de frutas vermelhas com fronzen de manjericão no menu do chef Moisés do restaurante Mucuripe (Foto: Thiago Paes @paespelomundo)

Um jantar no restaurante Mucuripe faz parte da estratégia empreendedora da Wee Receptivo de Luxo, que apresenta a clientes do mundo experiências locais. Ainda que falemos de um restaurante inspirado na culinária mediterrânea como na sobremesa de sopa de gaspacho de frutas vermelhas com frozen de manjericão, a regionalidade é a essência, é a marca registrada e uma introdução a novos e curiosos paladares.

Valorização da cultura cearense

O Ateliê Catarina Mina é uma referência em impactos sustentáveis. Acreditando numa moda que se sustenta em um futuro colaborativo, voltaram-se ao artesanato e às artesãs. Para que na delicadeza de cada traço, de cada ponto do croché, ou do filé, ou de tantas outras maneiras de se expressar, pudéssemos conhecer o nome das verdadeiras protagonistas dessa história, as artesãs das várias regiões do estado.

Artesãs do Projeto “Travessias Artesanais” liderado pela design Celina Hissa Foto: Thiago Paes @paespelomundo)

Aldenice, Andressa, Marinez, Helena, Conceição e tantas outras mulheres que sempre foram o Brasil que queríamos ver, mas não reconhecíamos. Não nos olhávamos nos espelhos. O reconhecimento da Unesco não cria nada de novo, apenas dá luz ao que já existe, ao que é mais profundo e original de cada cidade. A experiência contará ainda com oficina onde os turistas poderão aprender um pouco sobre o ofício das artesãs e ainda provar a culinária do interior do Ceará. Isso porque esses encontros já são realizados nas cidades onde vivem e trabalham as artesãs, tudo organizado pela Wee Receptivo de acordo com a região que o turista vai se hospedar.

LEIA TAMBÉM: Brunch Boutique: Hotel Design em Curitiba serve brunch com o melhor da culinária local

Intercâmbio Minas – Ceará

Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia sabe bem o desafio de tudo isso. A Bienal da Gastronomia de BH foi um sucesso e trouxe especialistas da área para discutir temas e conhecer produtos de pouco alcance nacional. É a força dessas políticas públicas que dão nova dimensão ao pequeno produtor, as novas maneiras de fazer e contar histórias, a nossa própria história, por um outro ângulo, por meio de novos agentes, novos protagonistas.

Food truck de comida alemã que se tornou o point dos foodies fortalezenses (Foto: Thiago Paes @paespelomundo)

Voltar a Fortaleza me traz sempre boas surpresas. Como a orla da beira mar, que está lindíssima. Uma das mais modernas do Brasil: iluminando as curvas de Iracema ao Mucuripe, de José de Alencar a Fagner.

“Nós fazemos um trabalho (de promoção) no mercado internacional, mas isso graças ao mercado doméstico que já colocou o Ceará como um dos destinos mais buscados do Brasil. Os mineiros gostam de nossas praias de águas quentes o ano inteiro, da nossa gastronomia também, embora seja muito difícil concorrer com a gastronomia mineira que é um caso à parte no Brasil. Mas temos comidas bem diferentes em frutos do mar, a panelada, a carne seca, a tapioca. Esse intercâmbio entre Minas e o Ceará é sempre interessante.” avalia Thiago Marques, diretor de marketing da Setur Ceará, que recentemente esteve em Londres na WTM com estande que retrata os atrativos turísticos do Ceará.

Vera Figueiredo head comercial da Wee Receptivo (Foto: Thiago Paes @paespelomundo)

Fortaleza do passado ao futuro

Quem viveu em Fortaleza como eu, há alguns bons anos, talvez terá no semblante o ar nostálgico das ruas espremidas pela Aldeota que agora viraram lindas grandes avenidas, da praça Portugal e sua árvore natalina feita de redes, agora uma gigante e moderna instalação de muitos e muitos metros. Só quem viveu o Órbita no dragão do Mar vai lembrar das noites alternativas de música boa e cerveja gelada, que agora se transformou num dos melhores points da praia do Futuro.

O Órbita Blue é daqueles lugares despojados e de bom gosto. É aqui também que a Wee Receptivo faz uma experiência de drinks harmonizados com comida regional, preparado pelo próprio cliente. Navios de cruzeiros indicam seus melhores hóspedes para, quando atracado em Fortaleza, curtirem a vibe do Órbita Blue. Gastronomia de praia impecável assinada por um chef e grande equipe para atender a mais de 200 mesas, quase sempre lotadas. Além da experiência “aprenda a fazer seu drink na Blue”, na qual o grupo faz 4 drinks e harmoniza com pratos de frutos do mar. De certo, é o lugar para passar o dia, mais indicado pelos locais.

LEIA TAMBÉM: Entre mares e montanhas: chef brasileiro Josean Balotin e o instigante e recém-inaugurado Mountain brilham no Soho –  Londres

Já fui local em Fortaleza também, e assim como hoje me sinto cidadão do mundo, já me senti cearense de coração. O bom humor, a piada compreendida, a felicidade expansiva são um plus no pacote que nenhum agente de viagens vai saber descrever. É preciso vir aqui e escutar um “arri égua, macho!” para você se sentir de fato na casa de um cearense. É muito bom estar de volta. E já penso em voltar, porque viajar é sobre conhecer e reconhecer o lado bom da vida. Obrigado Unesco por reconhecer o que sempre existiu, uma Fortaleza criativa e repleta de arte, sabores, design e principalmente de muitos encantos. Gosto Assim!

Thiago Paes é empresário no turismo e viaja o mundo em busca de experiências únicas que incluam boa gastronomia. É especialista em turismo gastronômico. Acompanhe também no Instagram @paespelomundo e na TV no Canal Travel Box Brazil contato@paespelomundo.com.br

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.