Conecte-se conosco

Destino Descoberta

São José da Coroa Grande: surpreenda-se com as belezas naturais e com a gastronomia nordestina

Descubra a terra das piscinas naturais e a deliciosa gastronomia oferecida pelo adorável povo nordestino em um destino ainda pouco visitado.

Publicado

em

São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

Quando chega o momento de tirar férias e planejar uma viagem para descansar, frequentemente pensamos em praia. Quem não sonha em dormir ao som das ondas do mar, mergulhar em águas cristalinas e passear na areia fofa ao cair da tarde?  E convenhamos, o litoral brasileiro é abundante em lugares paradisíacos, perfeitos para uma viagem dos sonhos.

Contudo, entre tantas opções de praias muito conhecidas e extremamente turísticas, as vezes surge aquela vontade de conhecer um lugar menos badalado, mas que ainda ofereça o cenário perfeito imaginado.

Nesse sentido, localizado no nordeste do Brasil, em Pernambuco, bem na divisa com Alagoas, é que encontramos um destino exatamente assim: São José da Coroa Grande.

Um pouco sobre São José da Coroa Grande

Esse destino paradisíaco fica bem pertinho da já famosa e bastante turística Maragogi. Com águas mornas, muito calmas e claras, São José da Coroa Grande é a terra das piscinas naturais. Além disso, integra a famosa Costa dos Corais, com grande diversidade e beleza.

Inclusive, parte de seu nome é inspirado na própria paisagem formada quando a maré está baixa. É possível admirar as coroas de areia que se formam entre os corais e as piscinas naturais que se criam. O complemento veio de seu santo padroeiro. Portanto, o nome São José da Coroa Grande.

Apesar da cidade ainda não ser popular entre os turistas, além de tantas belezas naturais, ainda surpreende com excelentes opções gastronômicas e uma população extremamente simpática e atenciosa. E ainda tem uma vantagem. Não possui aquela quantidade enorme de vendedores oferecendo passeios ou mercadorias nas praias. O viajante se sente realmente livre para fazer o que quiser, na hora que quiser. Contudo, apesar de não ter essa oferta enorme, não é difícil obter informações e realizar os passeios de interesse.

LEIA TAMBÉM: Conheça Salta, a cidade na Argentina que ficou em 3º lugar em votação internacional

E são tantas coisas para se fazer em São José da Coroa Grande que certamente, em pouco tempo, estará tão movimentada quanto sua vizinha Maragogi. Então, conheça tudo a respeito do destino e já coloque na sua lista de viagens dos sonhos antes que se torne muito popular.

Piscinas Naturais

E já que São José da Coroa Grande é a terra das piscinas naturais, claro que deve ser o primeiro atrativo da lista. Ou melhor dizendo, atrativos. São tantas piscinas formadas que é impossível visitar todas em um só dia. E cada uma tem seu diferencial, porém, todas possuem uma coisa em comum, a água cristalina. E não importa como o viajante decide curtir, se em um mergulho com snorkel, cilindro ou apenas contemplando o visual, a sensação de fazer parte dessa paisagem é indescritível, realmente deixa sem palavras.

Piscina natural em São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

Para visitar as piscinas é possível fazer de duas formas.  Através do Catamarã Amazônia Azul, com capacidade para 55 pessoas, com bar e chuveiro na embarcação, o passeio dura em torno de 2 horas. Ou, contratar um serviço personalizado, de lancha ou barco.

Sr. Barreira preparando o peixe no barco, em uma das piscinas naturais de São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

O Sr. Barreira como é conhecido por lá, além de ser muito simpático e prestativo, conhece toda a região e o comportamento da maré. Sem contar que é possível combinar antes para que, durante o passeio, ele prepare peixes ou carnes, de acordo com a preferência do grupo. Segundo moradores, ele é o único na região que se dispõe a preparar a refeição enquanto os visitantes aproveitam as águas quentes das piscinas. Além disso, cobra um valor muito justo. Para agendar direto com ele o contato é (81) 99930 – 7000.

Entretanto, o que não é recomendado de maneira alguma, é fazer o passeio sem um guia que conheça bem a região, pois a paisagem engana. Em alguns locais, quando a maré está baixa, a areia fica bem aparente, sendo possível caminhar até as piscinas que se formam. Porém, a velocidade com que a água sobe é alta.

Rio Una e praia do Gravatá

Em São José da Coroa Grande o rio Una se encontra com o mar, sendo perceptível a diferença de coloração das águas. O Catamarã Amazônia Azul também faz esse passeio pelas águas do Una, onde se encontram várias praias fluviais e bancos de areia.

Encontro do Rio Una com o Mar, em São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

LEIA TAMBÉM: Restaurante Pontremoli, em Campos do Jordão, entrou na lista dos melhores do mundo

Outra opção é fazer o passeio por terra, de quadriciclo. Dessa forma é possível conhecer a praia do Gravatá, praticamente deserta, conferindo um cenário bem paradisíaco e ainda, a foz do rio, onde é possível se banhar na mistura das águas. Lembrando-se de ter muita cautela, e permanecer na beira, pois possui grande profundidade e a corrente puxa para o rio. Por fim, o passeio termina no ponto mais alto da cidade, sendo possível avistar a foz do alto. O visual é incrível!

Restaurante do Antônio

O Restaurante do Antônio é daqueles lugares para se passar o dia na praia e curtir o mar calmo. Um lugar lindo, cheio de ambientes instagramáveis e perfeito para crianças. As coberturas em palhoça deixam o lugar fresco e agradável, mesmo com todo o sol de São José da Coroa Grande.

Restaurante do Antônio em São José da Coroa Grande/PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

O cardápio é uma perfeição, com opções variadas e para todos os gostos. Para quem curte a mistura do tempero salgado com um toque doce, o Camarão Tropical, servido no abacaxi, é uma ótima opção para o almoço.

Abacaxi tropical, servido no Restaurante do Antônio em São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

O funcionamento é das 09h às 17h e vale a pena chegar cedo para aproveitar ao máximo, pois não da vontade de ir embora.

Mais da gastronomia de São José da Coroa Grande

Embora a cidade seja bem pequena, além do Restaurante do Antônio, possui lugares incríveis para se perder nos sabores e certamente, dar aquela escapada da dieta.

Cia da Macaxeira

Cia da Macaxeira em São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

A Cia da Macaxeira é uma excelente pizzaria localizada na praça da cidade, em frente à Igreja da Matriz. O local é decorado com extremo bom gosto e atenção em cada detalhe, transmitindo muito da linda cultura nordestina. Apesar de um espaço grande, mantém o aconchego e convida a escolher um dos vinhos de sua recheada carta. E a pizza? Deliciosa!

Sushi du Thiago

É uma grata surpresa encontrar um restaurante japonês com tamanha qualidade, em uma cidade tão pequena. O Thiago inova nos sabores e na perfeição em que prepara os pratos. Tudo muito gostoso e bem feito. O atendimento é excelente mas sem frescura alguma. Delícia de lugar e de comida.

Gelatom Sorvetes Artesanais

Delícias da Gelatom em São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Gelatom)

Localizada bem perto da Igreja da Matriz, essa é a verdadeira perdição de São José da Coroa Grande, no melhor sentido, claro! Os sorvetes são de fabricação própria, sem gordura hidrogenada e com baixa adição de açúcar. Um sabor sem igual! E não são só os sorvetes que se destacam. Cada salgado, prato, doce ou bebida servidos tem um sabor especial e diferenciado.

Delícias da Gelatom em São José da Coroa Grande/ PE (Fotos: Gelatom)

E como se já não bastasse tantas delícias, além do ambiente típico de sorveteria e cafeteria, ainda possui um jardim secreto. Um ambiente lindo e aconchegante. Sem contar a gentileza dos proprietários, Marcus e Pétala, assim como de seus colaboradores, que deixam o ambiente ainda mais agradável e familiar. E, para fechar com chave de ouro, a Gelatom é petfriendly.

Gelatom em São José da Coroa Grande/PE (Foto: Gelatom)

LEIA TAMBÉM: A volta do Quintal do Joca em Porto de Galinhas

Certamente o visitante encontrará desculpas para passar por lá todos os dias em que estiver na cidade, para um lanche, um café ou uma sobremesa. Só não deixe de provar o bolo de noiva com sorvete. A história por trás da sobremesa fica por conta do Marcus ou da Pétala contar.

Onde ficar em São José da Coroa Grande

Como São José da Coroa Grande ainda não é um destino badalado, há poucas opções de hospedagem na cidade. Mas em um destino como esse, vale a pena ficar em uma pousada “pé na areia”.

Pousada Vivenda do Oriente em São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

A charmosa Vivenda do Oriente é exatamente esse estilo, mas vai além ao proporcionar uma experiência inesquecível. A simpática proprietária Ângela possui uma grande criação de coelhos que vivem livres na pousada. Apreciar o belo café da manhã na varanda, admirando a vista do mar, ao som dos pássaros, com os coelhinhos fofinhos passeando pelo gramado e o cãozinho Tufão, protetor da pousada, deitado aos seus pés, tudo em perfeita harmonia, traz uma sensação de estar no paraíso.

Depois do café, se quiser ficar na pousada, é possível desfrutar do restaurante próprio. O hóspede ainda pode optar por ficar à beira da piscina ou do mar. Como o restaurante da pousada é exclusivo para hóspedes, a praia, apesar de ser pública, fica praticamente exclusiva. Dessa maneira, o hóspede não precisa se preocupar com seus pertences quando for para o mar. Fica garantido o descanso em perfeita segurança. Ao cair da noite, o barulho das ondas do mar embala o sono perfeito.

Pousada Vivenda do Oriente em São José da Coroa Grande/ PE (Foto: Acervo Uai Turismo)

LEIA TAMBÉM: Qual a importância da segurança na escolha da hospedagem?

E, apesar da pousada oferecer esse ambiente paradisíaco, ainda assim o que mais se destaca são as pessoas que trabalham lá. Aliás, por toda a cidade, a gentileza, o jeito amável e atencioso faz com que o visitante se sinta em casa.

São José da Coroa Grande é realmente um destino especial para se descobrir! É mais uma confirmação de que o Brasil é o melhor lugar do mundo, não só por conta das inúmeras belezas naturais, mas pela maior riqueza que um país pode guardar: o seu próprio povo!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.