Conecte-se conosco

Notícias

Low cost: Aérea Chilena amplia voos para o Brasil em parceria com a Embratur

A JetSmart, aérea chilena lowcost, anuncia a criação de novas rotas que ligam Santiago e Buenos Aires a Florianópolis.

Publicado

em

Foto: Divulgação

Em Parceria com a Embratur, a JetSMART Airlines, companhia aérea chilena lowcost, anunciou na manhã desta terça-feira, 1 de agosto, o início das vendas de duas novas rotas que conectam Florianópolis a Santiago e Buenos Aires. A operação desses voos começa em 30 de novembro para Buenos Aires e em 27 de dezembro para Santiago, ambas com três frequências semanais.

Contudo, a Embratur já começou a investir em ações de promoção dos destinos brasileiros no Chile e na Argentina. O objetivo é aumentar a demanda de turistas interessados em visitar o Brasil.

LEIA TAMBÉM: EXCLUSIVO: Turismo Registra Faturamento Histórico e Minas se destaca

“Florianópolis já é um destino muito desejado pelos turistas argentinos e chilenos. Identificamos com inteligência de dados, em parceria com a Jetsmart, que existe demanda para aumentarmos ainda mais a visita desses turistas aos consolidados destinos do litoral catarinense. Mas também estamos trabalhando para promover o turismo rural na baixa estação. Aumentar a conectividade de Florianópolis com esses países e aumentar a oferta de assentos de voos barateia a passagem. Isso é fundamental para estimular a vinda desses turistas”, disse Marcelo Freixo, presidente da Embratur.

Mais rotas reduzindo necessidade de conexões

Portanto, a partir de agora, a aérea chilena soma um total de 7 rotas internacionais no Brasil. Além das duas rotas que estão sendo lançadas hoje, a empresa já conecta de forma direta Brasil com Chile, Argentina e Uruguai por meio de 5 rotas. São elas: Santiago para Foz do Iguaçu, São Paulo e Rio de Janeiro, e Buenos Aires e Montevidéu para o Rio de Janeiro.

Assim, essas novas rotas permitem chegar aos destinos brasileiros sem a necessidade de conexões, com voos diretos de aproximadamente duas horas e meia de duração. Víctor Mejía, CCO da JetSMART Airlines, afirma que “em apenas sete anos, a companhia aérea alcançou um desenvolvimento significativo em sua oferta de voos em toda a região e continua expandindo seus planos em toda a América do Sul, incorporando novas aeronaves em sua frota, para continuar oferecendo uma eficiente operação, com destinos e rotas mais acessíveis”.

LEIA TAMBÉM: Número de passageiros indisciplinados cresce nos voos e preocupa o setor

Dessa forma, a previsão e que as novas rotas transportem mais de 92 mil passageiros em seu primeiro ano de operação nos aeroportos Internacionais de Buenos Aires – Ezeiza e Arturo Merino Benitez, em Santiago, e no Aeroporto Internacional de Florianópolis.

Reflexo nas tarifas aéreas

Sobre as novas rotas no Brasil, Estuardo Ortiz, CEO da JetSMART, afirma: “Desde o início, inovamos no setor com tarifas ultrabaixas e novas rotas. Somos a companhia aérea que mais cresce na América do Sul e prevemos que esses lançamentos nos ajudarão a atingir nossa visão de atingir 100 milhões de passageiros e 100 aeronaves até 2028.”

“A chegada da JetSMART demonstra a posição estratégica do aeroporto de Florianópolis para os voos do cone sul. Temos uma posição geográfica privilegiada no Estado, com proximidade das regiões Norte e Sul, dois pólos econômicos catarinenses. Somos o aeroporto da Capital e com a melhor infraestrutura para voos internacionais”, afirma Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport Brasil.

VEJA TAMBÉM: Leônidas Oliveira: “Ninguém faz nada sozinho”, garante o Secretário de Cultura e Turismo de Minas

Além da aérea chilena, recentemente, a Virgin Atlantic, outra lowcost, também anunciou novas rotas no Brasil. Enfim, mais uma boa notícia aos viajantes que estão vendo a concorrência entre companhias aéreas aumentar. Vamos aguardar para conferir se essa concorrência se refletirá nos preços das passagens e, consequentemente no bolso dos passageiros.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.