Conecte-se conosco

Notícias

De Milão a Palermo de trem: explore a Europa à noite

Roteiro convida viajante a desbravar a famosa costa sul italiana

Publicado

em

Milano Centrale, o ponto de partida para a rota noturna. (Foto: Unsplash)
Milano Centrale, o ponto de partida para a rota noturna. (Foto: Unsplash)

As viagens noturnas de trem pela Europa são consideradas experiências de viagem imperdíveis e umas das mais incríveis do mundo. A viagem de trem, além de ser mais ecologicamente sustentável, é mais prática, pois a saída e a chegada se dão no centro das cidades, é possível passar a noite no trem, dormir e chegar descansado no destino. Inspirada por essa sugestão, a Railclick, plataforma de venda de bilhetes ferroviários da Europa, selecionou uma das rotas mais encantadoras para que você possa conhecer melhor: a que liga Milão, capital da região da Lombardia, no norte da Itália, a Palermo, capital da ilha italiana da Sicília, no extremo sul italiano.

Rota noturna 

Operada pela Trenitalia, a viagem de Milão para Palermo proporciona uma experiência única que pode durar até 20 horas. O ponto de partida, a deslumbrante estação Milano Centrale (foto em destaque), considerada uma das mais belas da Europa, oferece uma introdução memorável à rota noturna.

LEIA TAMBÉM: Quatro trens de luxo para conhecer a Espanha pelos trilhos

Ao partir da agitada Milão, os passageiros são imersos em campos e colinas enquanto o trem se dirige em direção ao seu destino. As cidades ao longo do caminho exibem uma mistura única de arquitetura moderna e histórica, refletindo a rica herança cultural italiana.

Milão (Foto: Xantana/ Getty Images Pro)

À medida que o trem segue para o sul, adentrando a paisagem da Sicília, os turistas podem apreciar a mudança gradual na topografia, com colinas cedendo lugar a vales exuberantes e, finalmente, à costa do Mar Tirreno. Durante a noite, a sensação de cruzar a paisagem italiana sob um céu estrelado é verdadeiramente mágica.

O Estreito de Messina

O ponto alto do trajeto é o Estreito de Messina, no mar Mediterrâneo, que separa a península Itálica da ilha da Sicília. A bordo de um ferryboat, os viajantes têm a oportunidade única de desfrutar belíssimas paisagens. É uma experiência bastante cênica, com as montanhas da Calábria e da Sicília proporcionando um pano de fundo impressionante.

Vista do ferryboat do mar e da costa do Estreito de Messina (Foto: Yuriy Brykaylo)

Um café a bordo da balsa permite que os viajantes desfrutem de bebidas e comidas enquanto curtem a vista do Estreito. Mesas estrategicamente colocadas dentro do transporte tornam o ambiente confortável para aqueles que desejam viajar com mais conforto.

LEIA TAMBÉM: Viagem de trem: desfrute de experiências incríveis

A distância entre os dois pontos da travessia marítima é de aproximadamente 3 quilômetros e leva 30 minutos, mas a correnteza e as condições do mar podem variar o tempo de passagem. Mesmo assim, os ferries são operados regularmente. O cruzamento desempenha um papel importante na conectividade e na vida cotidiana das pessoas que vivem na região, além de ser uma rota popular para turistas que exploram a beleza e a história da Sicília e do continente italiano.

Classes e comodidades

A operadora oferece diferentes classes e tarifas para escolher, de acordo com o orçamento e preferências. Na opção mais acessível, que custa, em média, 430 reais (a depender da data de viagem), o passageiro irá compartilhar um quarto com beliches com outras três pessoas, além de dividirem o banheiro. As comodidades a bordo incluem café da manhã, wi-fi grátis e TV.

Para quem busca um nível superior de conforto, a classe mais cara custa por volta de 1350 reais e possui um quarto privativo com cama, garrafas de água, casa de banho exclusiva, bebidas e petiscos grátis, ar-condicionado e até mesmo serviço de despertador.

Horários e Estações

Os trens noturnos partem em vários horários. Os três principais, que irão proporcionar a experiência de explorar a Europa a noite, são: às 19:35 da Milano Centrale, com parada em Roma e chegada prevista na estação central de Palermo às 11:57 do dia seguinte; às 20:10, partindo diretamente da Milano Centrale em direção à estação central de Palermo, com previsão de chegada às 16:55; e às 22:13 da estação Milano Porta Garibaldi, passando por Nápoles e chegando à estação central de Palermo às 19h. Os horários estão sujeitos a alterações.

Conhecendo as cidades: o que não perder

Em Milão, antes de embarcar para a Sicília, aproveite para explorar a riqueza cultural e artística da cidade, visitando a imponente Catedral de Milão, a obra “A Última Ceia’, de Leonardo da Vinci, o Castelo Sforzesco, a Galeria Vittorio Emanuele e o Teatro alla Scala. Não deixe de experimentar a deliciosa culinária local, com destaque para os risotos e os tradicionais pratos de massa.

LEIA TAMBÉM: Afroturismo: promovendo a inclusão e diversidade no setor do turismo

Já na capital siciliana, mergulhe na atmosfera vibrante das ruas, descobrindo seu centro histórico, igrejas, palácios e o Mercado de Ballarò, repleto de cores, sabores e aromas. Visite também a Capela Palatina, um tesouro arquitetônico que reflete a rica herança da ilha, o Teatro Massimo e as praias da cidade. Aproveite a oportunidade e prove as comidas sicilianas autênticas, como a pasta alla Norma, prato composto por macarrão e berinjela, e a cassata, um bolo preparado com queijo ricotta açucarado, pão de ló, pasta reale (pasta feita de amêndoas) e fruta cristalizada.

Vista Panorâmica de Palermo (Foto: wsfurlan/ Getty Images Signature)

Preparado para conhecer a Europa durante a noite e explorar paisagens, cidades e experiências? Acesse o site da Railclick, e adquira facilmente bilhetes para sua próxima viagem de trem. Desfrute e descubra lugares, mergulhando na cultura do velho continente.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.